Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Xangri-lá

SHANGRI-LA, foi uma palavra criada pelo novelista inglês James Hilton (1900-1954) em sua obra Lost Horizon (Horizonte  Perdido), escrita em 1933. SHANGRI-LA era um país imaginário, na região do Tibete, no qual as pessoas que lá chegavam conseguiam conservar a sua forma física, desde que ali não mais se retirassem. Nesta obra, que o cinema e as muitas traduções tornam amplamente conhecida, James Hilton realizo um “tour de force”, aliando o romance de aventuras ao romance de idéias. Mas HORIZONTE PERDIDO não é apenas uma experiência literária, pois encerra uma mensagem cujo valor depende menos do tratamento do que o conteúdo. Essa mensagem está  em Xangri-Lá, mosteiro engastado nas alturas selváticas de Kuen-Luen. Xangri-Lá é um símbolo e uma aspiração. Nele não existe o mal, e a vida cresce em amor e sabedoria. Vivem ali, monges das mais diversas nacionalidades , voltados à missão de preservar para melhores tempos as flores preciosas da civilização. Xangri-Lá, a terra dos homens felizes, constitui uma versão moderna da Terra da Promissão. O romance de Hilton, escrito com beleza e simplicidade, conta o drama de todos aqueles, que, com maior ou menor consciência, procuram a tranqüilidade fecunda de Xangri-Lá, o lugar onde não existe o mal e a vida cresce em amor e sabedoria.

Xangri = Secreto
Lá = Desfiladeiro
Xangri-Lá = País imaginário
A pessoa nascida em Xangri-Lá é denominada Xangrilense

História

No final do século XIX, em torno de 1870, forma surgidas as primeiras notícias de fatos que ocorreram em Xangri-Lá. Os primeiros habitantes, como em todos os Municípios da região do Litoral Norte, eram descendentes de portugueses, africanos e indígenas. Os primeiros moradores de Xangri-Lá tinham origem italiana, oriundos de Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha e outras cidades integrantes da região da Serra. O  Município começou seu desenvolvimento a partir de uma dúzia de fazendas, que iam das lagoas ao mar. Dessa forma, os habitantes tinham suas vidas voltadas principalmente em direção ao campo e a lagoa. O mar, ainda uma paisagem distante devido ao sobe e desce dos   altos cômoros não fazia parte dos interesses dos fazendeiros; o gado devia ficar afastado da areia, que salgada, traria a morte do principal sustento. O transporte rodoviário era o mais utilizado. Havia também caravanas de Montana que passavam por aqui, vindas do sul de Santa Catarina. Em torno de 1950, aconteceram os interesses de empresários em adquirir terras nas cercanias do  mar, para iniciar loteamentos. Foi o começo das transações comerciais, que  envolveram os então fazendeiros com os empreendedores, na arrojada façanha de urbanizar os locais para colocá-los à venda, como oportunidade de lazer familiar ou estação de veraneio. O Município foi emancipado em 26/03/1992.

Um pouco sobre Xangri-Lá

Endereço da Prefeitura:
Rua Rio Jacuí, nº 854 – Centro – Xangri-Lá
CEP – 95.588-000
Telefone : 051-XX-3689-24-00
Fax : 051 – XX – 3689-11-43

Lei que cria o Município: Nº 9.612 de 20 de março de 1992

Data de Emancipação: 26 de março de 1992

Localização Geográfica: Litoral Norte

Área: 60 Km²

Relevo: Os solos da unidade correspondem principalmente à espécie rasteira e de leguminosas e verbáceas.

Hidrografia: O Município é banhado pela Lagoa dos Quadros, situada a margem oeste do Município.


Barra: Barra do João Pedro
Oceano Atlântico à leste.

Xangri-Lá, possui 11,3 Km de Costa Marítima, mar aberto.

Clima: Temperado ( Sub-Tropical)

Vento predominante: Nordeste

População fixa: Aproximadamente 11.600 habitantes.

População Flutuante ( Alta Temporada )
Aproximadamente 300 mil pessoas

Cidades mais próximas: Capão da Canoa, Imbé, Tramandaí, Osório, Terra de Areia, Arroio do Sal e Torres.

Acessos Rodoviários:  Pela BR 101 com RS 407 e pela RS 386 ( Estrada do Mar) e Inter Praias que vai de Rainha do Mar até Tramandaí, e RS 407

Divisa:

Norte – Capão da Canoa
Sul – Lagoa dos Passos / Margem Oriental
Leste – Oceano Atlântico
Oeste – Lagoa dos Quadros

Distância da Capital do Estado do RS: 140 KM

Altitude: Inferior a 05 metros

Latitude: 29º, 80º

Longitude: 50º, 04º

Xangri-Lá é um novo e expressivo município do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, preocupado com o meio ambiente e a qualidade de vida de seus habitantes. Venha conhecer nossas paisagens e desfrutar de nossa hospitalidade com a sua família.


Banda Municipal

A Banda Municipal de Xangri-Lá foi criada em 25 de julho de 2006, através de um sonho da administração municipal, buscando incentivar e dar oportunidade aos alunos da rede escolar do município. No mesmo ano, a Banda participou do campeonato estadual de Bandas e Fanfarras na cidade de Gravatai onde se sagrou vice-campeã estadual na categoria Banda de percussão marcial, infanto-juvenil, repetindo o feito no ano de 2007. No ano de 2008, a banda conquistou o título de Campeã Estadual.  Em 2009, conquistou o troféu de melhor banda popular no festival de Capivari Do Sul.  A Banda municipal  possui 80 integrantes entre percussão, corpo coreográfico e grupo de apoio. Tendo como mor e coordenadora Catiane Viana Gonçalves, coreográfica Iara Marion Vaz Moreira e Regente Eraldo Almeida.

GTC 20 de Setembro

A sede do Grupo de Tradição e Cultura 20 de Setembro fica no Bairro Guará, sendo formada pelas invernadas: mirim, juvenil e adulta, totalizando 120 componentes. O Grupo divulga  as danças e tradições da cultura gaúcha

Canção de Xangri-Lá

Meu coração bate forte
Litoral norte do Sul
Praias de areia douradas
Cidade encantada,
Do céu mais azul.
Campos, rebanhos, lavouras
Lagoas, plumas e cores
Ai, minha Serra Geral
Paisagem total
Vestida de flores.
Águas de asas e velas,
De dunas e sambaqui
És a imagem mais bela,
Em tom de aquarela
Tupi-Guarani.
Xangri-Lá, Xangri-Lá
Paraíso entre o céu e o mar
Xangri-Lá, Xangri-Lá
Entre a praia e a serra
Meu coração bate lá.
Noite de luzes e sons
Estrelas de raro matiz
É a juventude em festa
Cantando encantada
Sonhando feliz.
Vale, santuário das aves
De suaves vôo e gorjeio.
Diversos em teu universo
De areia e sereia
Cantiga e rodeio.
Tudo em ti é poesia
De geografia e esplendor
Cidade cartão postal
Encanto do litoral
Morada do meu amor.

Praias

O município compreende em nove balneários: Atlântida, Xangri-Lá Centro, Remanso, Maristela, Marina, Arpoador, Coqueiros, Noiva do Mar e Rainha do Mar.
O balneário de Atlântida é um dos mais badalados no verão, e conta com os melhores restaurantes e casas noturnas do litoral, tornando-se referência para quem procura qualidade e sofisticação.

Pontos Turísticos

Plataforma Marítima: Localizada no balneário de Atlântida, a plataforma é uma atração ímpar no Litoral Norte, com 300 metros adentro mar, restaurante panorâmico, local reservado para a pesca, onde são realizados inúmeros campeonatos durante o ano todo. A arquitetura em concreto em forma de “L”, com 150m de braço, possibilita a visão da orla marítima do Município e de Capão da Canoa. As imagens do nascer  do sol são um belo exemplo de dádiva da natureza.

Lagoa dos Quadros: Às margens da RS 407 e RS 389 (Estrada do Mar), a Lagoa dos Quadros é uma paisagem de inconfundível  beleza, servindo para prática de esportes náuticos.

Barra do João Pedro: Na RS 407, a barra do João Pedro tem como atração a colônia de pescadores. Um local rústico, típico da região, onde há venda de peixes vivos.

Sítio Arqueológico de Xangri-Lá: Situado na sede do  Município, o sítio é de grande importância para o Sul do Brasil, fazendo parte do Patrimônio Cultural Brasileiro. É o maior exemplar remanescente, dentre os diversos Sambaquis que existiam no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Praça Ramiro Corrêa: Inaugurada no dia 26 de março de 2007, In Memorian do Senhor Ramiro Corrêa. Antigo morador, que muito contribuiu para o desenvolvimento do Município. Idealizada pela Nedeff Arquitetura, o local conta com área de alimentação, artesanato e playground.

Praça Central de Atlântida: Recentemente revitalizada, a “Praçinha de Atlântida”, como é carinhosamente chamada por todos, virou o ponto de encontro dos jovens que se preparam para as melhores baladas  do Litoral.

Principais Eventos

Aberto de Golfe: Iniciativa da Revista The Best Golf, Green Village Golf Club e Secretaria de Turismo de Xangri-Lá, o evento é realizado todos os anos e conta com a participação de diversos golfistas profissionais, além de jogadores amadores, oriundos dos principais Clubes de Golfe do RS.

Atlântida Beach Jump: O Atlântida Beach Jump é uma iniciativa da Federação Gaúcha de Esportes Eqüestres, em parceria com a Prefeitura Municipal de Xangri-Lá.
O evento reúne os maiores cavaleiros e as maiores amazonas de todo o país na praia mais charmosa de todo o estado.

Semana do Município: No aniversário do Município, dia 26 de março,  a Prefeitura promove durante uma semana, uma intensa programação com shows, apresentações teatrais, competições esportivas, entre outras opções de lazer destinada a comunidade Xangrilense e visitantes.

Rodeio Crioulo: Idealizado por esta administração, o Rodeio Crioulo  ocorre junto às festividades de aniversário do Município. O local de sua realização é o Parque Municipal de Eventos. O Rodeio Crioulo de Xangri-Lá, busca  congregar os “amantes” do tradicionalismo, desta forma, reunindo-os para praticar torneios campeiros, concursos artísticos, bem como, resgatar as origens do Rio Grande do Sul.

Semana Farroupilha: Desejos de confraternizar durante a Semana Farroupilha em um espaço dedicado as lides gauchescas na zona do Litoral Norte, é assim que Xangri-Lá demonstra seu apreço ao gaúcho. Através de apresentações artísticas e campeiras valorizando a cultura de nosso estado.

Festival do Peixe e Frutos do Mar: Com o objetivo de mostrar ao estado o trabalho feito com o pescado no município, foi criado este festival em conjunto com a Associação dos Pescadores de Xangri-Lá, mostrando  a pesca artesanal e a tradicional “Tainha na  Taquara”, servida aos visitantes do evento.

Encontro de Jipeiros: Junto com o JeepClub Bicuiras da Lama, a Prefeitura proporciona durante dois dias uma emocionante trilha para os amantes do Off - Road.

Villa Del Mar: O Villa Del Mar é uma realização do Grupo RBS, em parceria com a Prefeitura de Xangri-Lá. Com espaços temáticos – Eco Villa, Villa Fitness, Villa Zen Spa e Villa Gourmet,  muita música e o Clube da Champanhe Villa Del Mar deixou a beira-mar mais interessante e sofisticada. Lugar de gente bonita e alto-astral, deck mais badalado da praia tem muitas atrações para todos os visitantes.

Moto Xangri-Lá: O evento que é feito em conjunto com o moto-clube Papa Milhas, propõe a confraternização dos motociclistas com a comunidade através do turismo, congregando moto clubes de todo o estado do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e países vizinhos.

Planeta Atlântida: O maior evento musical do sul do país, o Planeta Atlântida acontece anualmente, na sede campestre da Saba. A diversão rola solta com os shows dos maiores ídolos da música brasileira, nos mais variados estilos, desde o rock, o funk, até o pagode.

MUNICÍPIO DE XANGRI-LÁ:

SECRETARIA DE TURISMO, MEIO AMBIENTE E AGRICULTURA
WWW.XANGRILA.RS.GOV.BR
CONTATO:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
(51)3689-0615