Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Mostardas

Fundação: 26 de dezembro de 1963
Gentílico: mostardense
Prefeito(a):  Marne Mateus Vitorino de Souza (PP) - (2009–2012)

FORMAÇÃO DO MUNICÍPIO DE MOSTARDAS
A origem do nome da cidade ainda é discutível. Várias hipóteses foram elencadas, sendo a mais aceita a da historiadora Marisa Oliveira Guedes, a qual afirma que: “Em 1738, foi criada a ‘Guarda das Mustardas’, mais tarde com a criação da Freguesia é que passou a chamar-se Mostardas. O nome Mustardas teria surgido de trincheiras cavadas e cobertas com uma esteira de taquara e junco, as quais eram camufladas plantando-se mostarda, já que este vegetal não murcha. Desse modo abrigaria e camuflaria os soldados nas guerras em Portugal”.
As constantes guerrilhas e invasões dos povoamentos no entorno da cidade do Rio Grande e outros mais ao sul, fizeram com que a população procurasse um local mais seguro. Um desses lugares foi o istmo entre a Laguna dos Patos e o Oceano Atlântico.
A “Freguesia de São Luis de Mostardas” foi criada por Alvará Imperial de 18 de janeiro de 1773. Neste mesmo ano começam a chegar os primeiros colonos açorianos, marcando o costume e a cultura da população mostardense.
A Lei Estadual n.º 4.691, de 26 de dezembro de 1963, cria o município de Mostardas, desmembrando-o de São José do Norte. A implantação do governo municipal e funcionamento efetivo da estrutura administrativa ocorrem em 11 de abril de 1964.
Em 12 de maio de 1982, o distrito de Tavares emancipa-se, diminuindo a área territorial de Mostardas.

GEOGRAFIA
Localiza-se a uma latitude 31º 06' 25" ao sul e a uma longitude 50º 55' 16" a oeste, estando a uma altitude de 17 metros, no litoral sul do mencionado do RS, no istmo formado pela Lagoa dos Patos e pelo oceano Atlântico. Sua população estimada em 2004 era de 12 976 habitantes.
O clima é subtropical úmido.
Possui uma área de 1941,7 km².

ECONOMIA
Economicamente, o município destaca-se pela produção de arroz e cebola, e na pecuária, pelo gado bovino, para produção de leite e carne, e ovinos, para produção de lã. Os produtos de lã locais são muito apreciados, principalmente o já famoso cobertor "mostardeiro", de densa lã cardada e colorida.

TURISMO
CENTRO HISTÓRICO: A arquitetura açoriana e portuguesa encontra-se preservada. No centro do município acompanha-se um pouco a história do povo que cruzou o oceano para ocupar as terras do continente de São Pedro.

IGREJA MATRIZ SÃO LUIS DE FRANÇA: Iniciada sua edificação em 19 de janeiro de 1773, com predominância do estilo barroco. Possui torre central e o seu altar é um dos poucos exemplos preservados do estilo neoclássico utilizado à época da construção.

QUIOSQUE COMADRE SULINA: Local de venda de peças produzidas em lã. Neste local o turista encontra tapetes, casacos, blusões, coletes, xergões, meias, toucas e o famoso Cobertor Mostardeiro.

PARQUE MENOTTI GARIBALDI: Parque urbanizado ideal para caminhadas, descanso e chimarrão à sombra dos eucaliptos. Possui uma pista de 540 metros, quadra de voleibol e basquetebol e pista de skate.

ARTESANATO DE MINIATURA DE AVES: Já está integrado como atrativo local a visita ao Artesão Eloir, o qual produz replicas perfeitas das aves silvestre da região de Mostardas e Tavares.

PARQUE NACIONAL DA LAGOA DO PEIXE: Criado em novembro de 1986, possui uma área aproximada de 344 km². Como ecossistema costeiro e marinho, é um dos principais refúgios de aves migratórias limícolas da América do Sul. A ave símbolo do parque é o flamingo.

FAROL DO CRISTÓVÃO PEREIRA: Inaugurado em 1886, possuindo 30 metros de altura, o farol do Cristovão Pereira é um dos mais antigos da Laguna dos Patos.

FAROL MOSTARDAS: Inaugurado em 1894, possui 38 metros de altura e está situado às margens do Oceano Atlântico, na divisa com o município de Tavares.

FAROL DA SOLIDÃO: Inaugurado em 1929, possui 21 metros de altura e está situado às margens do Oceano Atlântico, na Praia da Solidão.

CASA DE CULTURA DE MOSTARDAS: Em uma casa colonial construída no século XIX, está abrigada a memória oficial do município de Mostardas. A Casa de Cultura oferece ao visitante a história dos primeiros habitantes através da Sala Açoriana. Também integram o conjunto um museu, a Sala Garibaldina e a Biblioteca Pública Municipal Dr. Mathias José Velho.

PEDRA DA ANITA (OU FIGUEIRA DE ANITA): Esse monumento está localizado no distrito de São Simão e marca o local de nascimento de Menotti Garibaldi, filho de Giuseppe e Anita Garibaldi, em 1840.

PORTO DO BARQUINHO: Abrigo para os barcos que trafegam pela Laguna dos Patos. A história desse porto rústico inicia-se durante o Segundo Império. Atualmente, também serve de berçário para diversas espécies silvestres.

LITORAL ATLÂNTICO: Balneário Mostardense, Praia de São Simão e Praia da Solidão são alguns dos pontos de lazer e veraneio junto ao Oceano Atlântico. O litoral marinho possui 100 km de extensão de praia contínua, propícias para a pesca esportiva.

LITORAL LAGUNAR: A Laguna dos Patos era chamada pelos primeiros açorianos de “Mar de Dentro”. O acesso a esta parte do litoral se faz pela localidade da Caieira. Um diferencial para o turista é a possibilidade, de no mesmo dia, ver o nascer do sol junto ao Oceano Atlântico e ao anoitecer, acompanhar o seu ocaso às margens da Laguna.

LAGOA DOS BARROS (OU LAGOA AZUL): Belíssima lagoa, ideal para o esporte aquático e com área de camping. Possui infraestrutura e o local é de fácil acesso ao turista que queira uma maior tranqüilidade.


NOMES ILUSTRES DE MOSTARDAS
Menotti Garibaldi, filho de Giuseppe e Anita Garibaldi, nasceu no distrito de São Simão.
Marcelo Gama, pseudônimo do poeta Possidônio Machado.

LOCALIZAÇÃO NO BRASIL



31° 06' 25" S 50° 55' 15" O

UNIDADE FEDERATIVA: Rio Grande do Sul   
MESORREGIÃO: Metropolitana de Porto Alegre   
MICRORREGIÃO: Osório

MUNICÍPIO LIMÍTROFES
Sul : Tavares
Norte : Palmares do Sul   
DISTANTE ATÉ A CAPITAL: 200 km   

CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS
POPULAÇÃO 2010: 12.124
ÁREA DA UNIDADE TERRITORIAL (km²)*: 1.983,00
DENSIDADE DEMOGRÁFICA (hab/km²) :   6,11
CÓDIGO DO MUNCÍPIO: 431250
ALTITUDE: 12 Mt m   

CLIMA
Subtropical úmido Cfa   
FUSO HORÁRIO: UTC - 3   

INDICADORES - DESCRIÇÃO, VALOR E UNIDADE


VALOR ADICIONADO BRUTO DA AGROPECUÁRIA A PREÇOS CORRENTES: 108052,mil reais                       
VALOR ADICIONADO BRUTO DA INDÚSTRIA A PREÇOS CORRENTES: 15193,mil reais                           
VALOR ADICIONADO BRUTO DOS SERVIÇOS A PREÇOS CORRENTES: 78914,mil reais                           
IMPOSTOS SOBRE PRODUTOS LÍQUIDOS DE SUBSÍDIOS A PREÇOS CORRENTES: 6196,mil reais                       
PIB A PREÇOS CORRENTES: 208354,mil reais                                       
PIB PER CAPITA A PREÇOS CORRENTES: 16813.59,reais


Mostardas é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.
Fontes de pesquisa:
- Biblioteca Pública Municipal Dr. Mathias José Velho;
- Casa de Cultura de Mostardas;
- Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Mostardas;
- Associação para o Desenvolvimento do Turismo em Mostardas e Tavares (ADETUR);
- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);