Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Prefeituras do Litoral Norte intensificam fiscalização devido a Bandeira Laranja

Em reunião de urgência realizada nesta quinta-feira, dia 04 de junho de 2020, por videoconferência, os prefeitos da Amlinorte decidiram intensificar a fiscalização e orientação quanto as medidas de combate ao Covid-19, principalmente aos visitantes que se deslocam à região. No último dia 30 de maio, o Litoral Norte passou da bandeira Amarela para a Laranja na avaliação do Governo do Estado, devido ao aumento no número de casos e na taxa de ocupação dos leitos de UTI.

“Muitas pessoas tem vindo para as praias ou região da encosta da serra e isso preocupa os gestores públicos, receosos pelo aumento dos índices devido a grande circulação de pessoas”, alerta o presidente da Amlinorte, prefeito Pierre Emerim da Rosa, de Imbé. Ele informa que a entidade deverá trabalhar numa forte campanha a fim de conscientizar a população que se desloca para o litoral das medidas restritivas e de cuidado contra o coronavirus Covid-19, principalmente quanto ao uso de máscara, que é obrigatório conforme Decreto Estadual.

No feriadão de Corpus Christi, dia 11 de junho de 2020, ficou combinado que os municípios do litoral deverão montar barreiras sanitárias, com fiscalização nos acessos de chegada, orientando os visitantes, cobrando o uso de máscaras e, se possível, fazendo testagem de temperatura ou testes rápidos, se necessário. A fiscalização no comércio também deverá ser intensificada na passagem do feriado e mantida nos finais de semana, momento em que aumenta a circulação de pessoas. A Amlinorte deverá ainda solicitar à secretaria da Saúde do Estado um olhar diferenciado no número de leitos de UTI disponíveis na região, levando em consideração esse aumento involuntário de demanda.

 

Rose Scherer – Jornalista (6175)

Assessoria de Imprensa da Amlinorte

04/06/2020