Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Secretária da Saúde do RS participa de reunião na Amlinorte

A Amlinorte recebeu na última semana, dia 14 de outubro de 2019, a visita da secretária de Estado da Saúde, Arita Bergmann, e do deputado estadual Gabriel Souza. Ambos atenderam a solicitação dos prefeitos da região para tratar sobre os repasses da área da saúde aos municípios. A principal reclamação se refere aos pagamentos dos valores prometidos pelo Estado do parcelamento referente aos programas de saúde. De acordo com a secretária Arita, os pagamentos estão em dia com os municípios, sendo que os valores referentes ao parcelamento da dívida de 2014 a 2018 já foram pagos quatro parcelas.

Ela esclareceu que os pagamentos foram realizados por programas, alinhado às prioridades definidas em conjunto com a FAMURS e o COSEMS (Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do RS). Desta forma, a primeira parcela paga este ano se refere aos valores em aberto empenhados de 2014 a 2017. A segunda foi referente aos atrasados com os hospitais municipais, a terceira com o PIES – Política de Incentivo de Atenção Básica em Saúde, e a quarta parcela foi referente aos programas com SAMU, fraldas, urgência e emergência e UPAs. “Os municípios que tinham valores pendentes nesses programas receberam proporcional ao que estavam habilitados e estamos aguardando posição da FAMURS e do Cosems para liberar ainda em outubro a quinta parcela”, informou a secretária de Saúde.

Todas as informações referentes aos pagamentos efetuados estão disponíveis no site da secretaria da Saúde do Estado, para verificação dos municípios e dos cidadãos. A secretária salientou que os pagamentos referentes aos programas do ano de 2019 estão em dia e que o governo está revendo os projetos que não tem a devida previsão orçamentária para sua manutenção. O presidente da Amlinorte, prefeito Nei Pereira dos Santos, de Caraá, agradeceu pelos esclarecimentos aos municípios da forma de pagamento adotada pela Saúde.

Os prefeitos se manifestaram e lamentaram a situação crítica em que o Estado se encontra, mas pediram uma atenção especial com a chegada do verão, momento em os municípios costeiros recebem grande parte da população. Foi sugerido um olhar especial quanto a regulação de SAMU, leitos hospitalares e de UTI, que precisam ter um posicionamento diferenciado no momento de disponibilizar assistência à população do Litoral Norte no verão.

A secretária Arita anotou a demanda, considerando pertinente e passível de solução, anunciando que apesar do orçamento de 2020 ser o mesmo de 2019, deverá apresentar sugestão aos COSEMS para alterar a estrutura do projeto verão. A proposta prevê priorizar agora no pagamento das próximas parcelas os valores em aberto, referente aos programas de SAMU, pronto atendimento e porta aberta dos hospitais. A estratégia possibilitará uma melhor organização e preparação nessas áreas para o verão 2020, no que foi plenamente aceita pelos prefeitos do Litoral Norte.

Rose Scherer – Jornalista (6.175)

Assessoria de Imprensa da Amlinorte

18/10/2019