Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Usina de asfalto foi tema de debate na assembleia da Amlinorte

Uma parceria com os municípios para utilização da usina de asfalto de Capão da Canoa foi um dos temas da Assembleia Geral da Amlinorte e CP Amlinorte, realizada na sexta-feira, dia 15 de junho de 2018. O presidente da entidade, Amauri Magnus Germano, prefeito de Capão da Canoa, expôs o projeto aos prefeitos que foram receptivos à proposta. A usina deverá ser inaugurada nas próximas semanas e de acordo com o prefeito Amauri, tem capacidade para atender aos municípios, com baixo custo. “Nossa assessoria está trabalhando na questão legal para formalizar esse convênio com os municípios, permitindo uma redução significativa no investimento com asfalto”, destacou o presidente da Amlinorte.

No decorrer da assembleia, o presidente Amauri chamou a atenção dos prefeitos para atentarem quanto a prestação de contas ao TCE dos recursos recebidos na área de assistência social, que agora tem regramento próprio para o Sistema Único de Assistência Social – SUAS. Manifestou também que tem recebido cobranças das autoridades sobre a instalação de uma nova unidade prisional na região, sugerindo que o tema seja novamente analisado pelos municípios.

O presidente da Agência Estadual de Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul – AGERGS, Isidoro Zorzi, também esteve presente na assembleia geral fazendo uma exposição sobre o órgão e como pode ajudar os municípios. A AGERGS é responsável pela regulação dos serviços concedidos no Estado por outros entes federados. Trabalha na fiscalização e regulação de rodovias, rodoviárias, transporte de passageiros, energia elétrica e saneamento básico. De acordo com o presidente Zorzi, no litoral norte 15 municípios possuem contrato com a Corsan e podem utilizar os serviços da AGERGS para analisar os contratos e serviços com o órgão concessionário.

Outro tema discutido na reunião foi a continuidade do processo de resíduos sólidos no Litoral Norte. Os prefeitos debateram a situação do monopólio formado por uma empresa no Estado, que presta serviço a mais de 300 municípios, estabelecendo critérios no que diz respeito aos preços. Com a realização do Pregão Presencial do Consórcio Público Amlinorte, que não teve empresa vencedora, os prefeitos pretendem se unir a fim de pressionar os órgãos reguladores para uma solução economicamente viável aos municípios. Além disso, deverão analisar outras possibilidades de solução para a destinação de resíduos, como as novas tecnologias que estão sendo lançadas em outros municípios no Estado.

 

Rose Scherer – Jornalista (6.175)

Assessoria de Imprensa da Amlinorte

18/06/2018