Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Prefeito Cilon Silveira, de Xangri-lá, assume a presidência da Amlinorte

 

Tomou posse na última sexta-feira, dia 22 de janeiro de 2016, o novo presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte – Amlinorte, Cilon Rodrigues Silveira, prefeito de Xangri-lá, ao lado do novo presidente do Consórcio Público Amlinorte, Flávio José Rodrigues de Souza, prefeito de Tavares. Ambos terão o compromisso de conduzir as entidades no ano de 2016, num período atípico decorrente das eleições municipais, onde vários prefeitos da região deverão concorrer a reeleição em outubro próximo. Cilon Silveira pretende dar andamento as ações realizadas em 2015 por seu antecessor, Paulo Henrique Mendes Lang, que envolvem contatos com as secretarias de Estado para solução de problemas no Litoral Norte em diversas áreas.

Seu primeiro ato sob a presidência da entidade acontecerá nessa quinta-feira, dia 28 de janeiro de 2016 na Assembleia de Verão da Famurs, que acontecerá no auditório da Ulbra, em Torres. Ele estará participando de toda programação, que inicia no dia 27 de janeiro de 2016, e no dia 28 de janeiro estará na mesa principal, na solenidade de abertura oficial, ao lado das demais autoridades.

O novo presidente também deverá implantar uma sistemática diferente nas assembleias gerais da associação, ao longo do ano, inserindo nas pautas das reuniões apenas assuntos específicos para os prefeitos analisarem. Os assuntos técnicos, apresentados por empresas ou entidades, deverão ser debatidos em reuniões separadas na Amlinorte com os secretários municipais ou responsáveis das prefeituras nas diversas áreas. “Com isso ganharemos agilidade nos debates e aperfeiçoaremos o encaminhamento dos assuntos para cada prefeitura”, salientou Silveira.

 

Rose Scherer – Jornalista (6.175)

Assessoria de Imprensa da Amlinorte

 

25 de janeiro de 2016