Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Hospital de Osório registra o primeiro parto após 8 meses

Durante 8 meses e 16 dias, a cidade de Osório não teve nenhum “outro filho”. Com o fechamento do Hospital São Vicente de Paulo após o sinistro de 17 de maio, as futuras mamães tiveram que dar à luz em outras cidades, como Capão da Canoa, Tramandaí e Porto Alegre. Agora, após uma longa espera, o hospital de Osório voltou a ser berço do início da vida. Hoje (02/02) pela manhã, aconteceu o primeiro parto após a reabertura da entidade.
A nova osoriense chama-se Amelie Pacheco Sperandir, filha dos músicos Adriana e Adriano Sperandir. Ela nasceu forte, linda e saudável, com 3.355 kg e 50 cm.
Parabéns aos pais, familiares e amigos.