Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Abrahão é eleito presidente da Amroy

Na tarde quarta-feira (04/05) o prefeito de Osório Eduardo Abrahão e o vice-prefeito Eduardo Renda participaram em São Paulo da Assembleia Geral da Associação dos Municípios Excluídos do Rol dos Recebedores de Royalties do Petróleo e Gás.

O objetivo dos municípios que reuniram-se com profissionais do escritório Bornholdt Advogados Associados, de Joinvile foi analisar a votação no Superior Tribunal Federal - STF que poderá fazer uma nova partida dos royalties no Brasil.

- Voltamos com certa preocupação, porque a votação prevista para o dia 28 de maio foi adiada para este mês ou para julho. Não há uma definição sobre o caminho que o STF tomará. Para nós é motivo de muita apreensão, porque os royalties da Petrobras têm uma importância significativa em relação a investimentos. A perda desse recurso a partir da votação seria imediata em torno de 60 dias. A expectativa é que o STF dê um prazo para que esses municípios adequarem-se a nova realidade futura – afirmou o prefeito Abrahão.

Os Municípios fundadores da Amroy são: Osório/RS, Imbé/RS, Cidreira/RS, Canoas/RS, Camaragibe/PE, Guararema/SP, Horizonte/CE, Caucaia/CE, Pacajus/CE, Aracati/CE, Icapuí/CE, Maracanaú/CE, Goiana/PE, Paulista/PE, Jaboatão dos Guararapes/PE, Igarassu/PE, Cabo de Santo Agostinho/PE, Rosário do Catete/SE, Nossa Senhora do Socorro/SE, Estancia/SE e Laranjeiras/SE.

Texto: Eliana Izaias/PMO