Voltar

Arroio do Sal (51) 3687-1360

Bal. Pinhal (51) 3682-1122

Capão da Canoa (51) 3625-2112

Capivari do Sul (51) 3685-1181

Caraá (51) 3615-1324

Cidreira (51) 3681-3400

Dom Pedro de Alcântara (51) 3664-0011

Imbé (51) 3627-2655

Itati (51) 3658-5104

Mampituba (51) 3615-2024

Maquiné (51) 3628-1322

Morrinhos do Sul (51) 3605-1112

Mostardas (51) 3673-1258

Osório (51) 3663-3502

Palmares do Sul (51) 3668-1200

Sto. Antº. da Patrulha (51) 3662-2630

Tavares (51) 3674-1513

Terra de Areia (51) 3666-1285

Torres (51) 3664-2300

Tramandaí (51) 3661-1762

Três Cachoeiras (51) 3667-1155

Três Forquilhas (51) 3628-5262

Xangri-Lá (51) 3689-4635

 
Voltar
Casa de Acolhimento completa 1 ano atendendo mais de 10% da população

“Dia de alegria por um ano de uma grande realização. Parabéns a todos por esse maravilhoso projeto que para nós que estamos em tratamento constante em Porto Alegre é um sonho. Não precisamos ficar na rua, nem nos hospitais. Sou muito grata a todos envolvidos nesse projeto que deu certo”.
O depoimento é de Andreia Alves, moradora de Arroio Seco, Zona Norte de Arroio do Sal, que passa por um tratamento com quimioterapia na capital gaúcha e tem utilizado os serviços da Casa de Acolhimento de Arroio do Sal, localizada no centro de Porto Alegre.

O agradecimento de Andreia aconteceu durante almoço e uma singela festa de aniversário, na terça-feira (29), na Casa com a presença do Prefeito de Arroio do Sal Luciano Pinto da Silva.

O projeto da Administração Municipal, consolidado por lei municipal, completou no dia 20 de abril, um ano de funcionamento e já atendeu um público de aproximadamente 1000 pessoas, o que representa 11,84% da população total de Arroio do Sal que é oficialmente de 8.440 moradores.

O prefeito Luciano depois de audiências no Centro Administrativo do Estado para buscar mais recursos em investimentos comprou um bolo para marcar o primeiro aniversário e foi compartilhado com mais 15 pessoas que usam os serviços de acomodação e alimentação da Casa de Acolhimento.

“A existência da Casa não dependerá mais de vontade de um governo pois está legalizada. Fiz questão de garantir isso com o apoio do Legislativo. Nunca a usei como produto eleitoral, mas sim como dignidade para aquelas pessoas que muitas vezes não só não tinham como se instalar na capital para encaminhar seu tratamento de saúde, como  não tinha nem dinheiro para uma refeição”, comentou o prefeito durante a comemoração.

Dona Zoraide Silva de Aguiar, de 80 anos, tinha consulta no Instituto de Cardiologia e participou do almoço preparado por Helena Silveira, funcionária responsável pela manutenção e atendimento do espaço. Moradora da praia da Figueirinha há 21 anos, dona Zoraide compartilhou a felicidade vivenciada por cada pessoa, quando passa pela Casa de Acolhimento.

“É bom demais. Estou aqui pela 4ª vez, é muito confortável, tudo muito limpinho e recebemos um carinho grande e atenção da Helena”, disse.

O motorista do ônibus da Saúde que transporta gratuitamente todos os pacientes, Wagner Ribeiro, registrou que além do Instituto de cardiologia, na terça-feira ainda passaria para buscar pacientes em atendimento no Hospital da PUC, Clínicas, Conceição e Santa Casa de Misericórdia.

Na festa de aniversário de uma ano da Casa de Acolhimento também participaram a Maria Luiza, do Balneário Atlântico, Vera Lúcia Carvalho, da São Pedro, Carlos Lipinsky e José Adenir Fernandes, do centro da cidade, a enfermeira Alda, Delma Santos Vivian, da São Jorge, o casal Homero Silva e Alzira Pereira, da praia Sereia do Mar, as crianças, Iago Cipriano e Guilherme da Rosa, Maria Luiza da Rosa, Daniela dos Santos, Aura da Costa da Silva, e Alda da Costa.

Na sala das refeições foram instalados painéis com fotografias das pessoas que passam pela casa e que revelam a felicidade e a satisfação das pessoas na casa. Os registros foram organizados sob coordenação de Andreia Alves e da dona Helena, que criou até uma mascote do local que ainda não foi batizada.

Jornalista Marcos Lewis - MTB 12219 – Fone: (51) 9166-8962
Prefeitura de Arroio do Sal - Assessoria de Comunicação Social
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.